Céu e Inferno. Lopes faz a pole em Okayama, mas quem vence é Pires!

Fábio Lopes cravou uma volta espetacular e largou na primeira posição, num dos qualifys mais disputados da história da Racelan. Muitos pilotos rápidos, como Carlão, Daniel, Wallner, Lucas, Walter, Ross, Mafra, Marcius e Fabrício lutaram por cada centímetro de pista na sessão classificatória.

O que Lopes não esperava era um erro na T1 que lhe custou mais de 10 posições e causou um salseiro logo no início da corrida. Daniel Bastos e Walter abandonaram ainda na primeira volta.

Daí pra frente o que se viu foram muitas disputas por todos os pelotões que se formaram ao longo dos 70 minutos. Uma corrida eletrizante que faria muitas baixas, com apenas metade do grid completando a prova. Felipe Mafra, então na quarta posição, estourou o motor a poucas voltas do fim e ficou mais uma vez de fora do pódio. Lucas bateu na saida da T1 e Cavassana e Carlão tiveram problemas em seus pitstops.

Por fim, Pires acertou na estratégia e no pé. Após sua parada foi mais de 1 segundo por volta mais rápido, até que alcançou Fabrício e tomou a primeira posição para não mais perde-la. Matheussi bateu na trave novamente e fechou em segundo. Marcius em grande atuação chegou em terceiro, a frente de Wallner e Ross McFarlane, que mesmo com lastro tiveram uma grande noite.

P2

Veja aqui o resultado completo: http://www.wagenvoort.net/gpcos/results.php?eventid=6749&leagueid=484&menu=season&menuoption=2

result

Deixe um comentário