!!! Wallner vence em Interlagos e Carlão é CAMPEÃO do BMW Challenge !!!

Jamais duvide de Interlagos. Jamais. O imprevisível cicruito de Interlagos. O sobrenatural circuito de Interlagos. Os deuses do automobilismo lhe abençoaram com uma magia única, imutável. As finais de 2007, 2008 e 2012 da F1 estão aí para comprovar sua magia. E a final do BMW Challenge apenas ratifica e corrobora a mística do circuito paulista.

Muita água no qualify. As primeiras voltas de cada piloto prevaleceriam como as mais rápidas. Mafra cravou a pole com 1.34.636. Fabio Lopes confirma a expectativa e, na segunda posição, fecha a primeira fila. Leandro Lage faz um qualify fantástico e forma a segunda fila ao lado de Wallner. Fred Pezzotti é quinto e Alexandre Sene, o sexto. Carlão, que entrará como líder do campeonato, fica apenas na 11ª colocação. Com este cenário, Mafra saía na frente na disputa pelo campeonato. Mas a noite ainda seria longa.

A sessão de corrida vira com tempo quente, mas com céu encoberto. Não deu outra. Poucas voltas de corrida e a chuva desaba em São Paulo. Correria frenética nos pits e engenheiros endoidecendo com cálculos de combustível e escolha dos pneus. Muita água caindo e temperatura subindo. O esperado acontece. Acidentes a abandonos marcam o início da final do BMW Challange. Mas eis que o tempo apronta novamente. Nova previsão de tempo chega e está confirmado: a chuva vai passar. 6 voltas depois as nuvens começam a ir embora e não temos mais uma gota sequer caindo.

Nessa loucura, quem se dá melhor é Wallner. Brilhante na estratégia o piloto paulistano assume a primeira posição, onde terminaria a corrida, conquistando sua primeira vitória no campeonato. Quem também vai se destacando é Cavassana, que largou apenas na 15 posição. Nada mais natural que o piloto maranhense se sobressaísse nessas condições adversas. Cava e seu teammate Leandro Lage tiveram uma noite brilhante em Interlagos.

Dos postulantes ao título, Sene em segundo, sempre acompanhando Wallner com cerca de 15 segundos de diferença. Já Fred Pezzotti tem problemas e abandona antes da metade da corrida. Com seu abandono a FA, além de perder um piloto que disputava o titulo, via o titulo de equipes indo embora, o que se confirmaria ao final da corrida. Carlão que havia largado em 11º faz, durante toda a prova, uma corrida de recuperação. Mafra também via suas chances reduzidas. Mesmo levando pontos extras por liderar e ter feito a pole, sua quarta posição dava o título ao seu teammate.

A 10 voltas do fim Carlão é oitavo e vai vendo muito reduzidas suas chances de título. Sene vinha numa excelente noite e ia levando o Caneco com sua segunda posição. A esta altura o piloto da IM levava o título com 5 pontos de diferença. Eis que Carlão resolve partir para cima e passa Fabio Lopes e Biacchi em apenas 2 voltas. Assim, Fernandes pulava para sexto. Mas não parecia ser seu dia mesmo. Apesar do piloto da FA estar tirando a diferença, Sene acabava de fazer a melhor volta da corrida, conquistando mais um ponto e jogando um balde de água fria no piloto carioca.

Mas Interlagos é Interlagos. Leandro Lage via seu combustível acabar e precisou levantar totalmente o pé. O piloto mineiro-carioca despencaria da quarta para a sétima posição. Carlão assumia a quinta colocação na penúltima volta e assim, empatava com Sene em pontos. Mas Sene tinha uma vitória e ainda levava o titulo, por este critério desempate.

Eis que o personagem de Nelson Rodrigues entra em ação. Mas não era o Sobrenatural de Almeida em cena. Podemos chamar de Sobrenatural Saraiva. Na última volta Raul Saraiva (sempre muito veloz nos treinos) crava a volta mais rápida da corrida, tirando um ponto de Sene e jogando o caneco para Carlão. Um final se arrepiar, de cinema. Épico.

Wallner vence espetacularmente a corrida e sobe ao lugar mais alto do pódio. Sene é segundo e Cavassana, em brilhante noite, o terceiro. Mafra e Carlão fecham o pódio.

Em 5 etapas, o BMW Challenge apresentou 5 diferentes vencedores, comprovando mais uma vez o equilíbrio dos campeonatos de GTR2. Carlão se torna o primeiro bi campeão da era GTR2. A Interlagos Motorsport leva o titulo de equipes, superando a Febre Amarela.

Mais uma campeonato de sucesso termina. Com média de 25 pilotos por corrida, o BMW Challenge certamente deixará saudades.

E jamais duvide de Interlagos.

bmw5

podio final

Deixe um Comentário